Porque Casais De Religiões Diferentes Não Dão Certo

Se você está pensando em entrar num relacionamento com uma pessoa de outra religião diferente da sua, ou mesmo se você já está em um relacionamento com alguém que tem uma crença religiosa diferente de você, esse texto é obrigatório!

porque-casais-de-religiões-diferentes-não-dão-certo

A resposta mais curta e grossa a esta pergunta do título seria:

– porque eles não concordam sobre o mais importante na vida: a fé.

É impossível você ser feliz ao lado de alguém que não tem a mesma fé que você.

Quando se fala de religião, este assunto é muito delicado e polêmico. As pessoas matam por causa da crença religiosa que possuem. A intolerância que ronda esse tema é muito forte.

Não estou aqui para analisar dogmas de religiões, mas quero lhe abrir a mente para alguns fatos.

Quando aqueles que estão tentando um relacionamento não acreditam nas mesmas coisas no que diz respeito a Deus, as divergências causadas por isso são tão fortes que tornam o relacionamento um inferno.

Exemplos:

– Sob que tipo de valores vão criar os filhos?

– Um evangélico vai aceitar ir a um terreiro de macumba se seu amor professar esta fé?

– Um adventista vai acompanhar sua esposa para fazer as compras dias de sábado, o único dia disponível para ela fazer supermercado?

– Uma católica vai abandonar suas imagens de santos para agradar o parceiro protestante? E, por sua vez, este parceiro protestante vai acompanhá-la na missa?

– E mesmo casais da mesma religião, mas de denominações diferentes, vão se sentir confortáveis quando, no domingo, cada um ir pro seu lado assistir o culto? Será que Deus é capaz de separar um casal todo domingo?

– Até que ponto o respeito à religião do outro não fere as suas próprias crenças?

– E se um gostar de beber muito e o outro se incomodar porque sua fé não permite nenhum tipo de vício?

À primeira vista a sua resposta pode ser: “se houver respeito, então não há problema”

Mas o buraco é bem mais embaixo.

Para a pessoa que crê, aquilo é uma verdade universal para ela. Ou seja, quando duas pessoas creem de maneiras muito diferentes, elas não estão apenas “escolhendo uma clube social para fazer parte”, mas na verdade elas estão escolhendo os dogmas que vão reger toda sua vida.

Ninguém abre mão do que acreditar ser firmemente verdade.

Não adianta! Uma hora ou outra vai ter conflitos entre o casal. E não falo de briguinhas bobas não, falo de transformar o relacionamento num pé de guerra.

Quer um conselho?

Se relacione com quem tem a mesma fé que você.

Pois assim, se você for para a esquerda, esta pessoa também vai pra esquerda. Se você for pra direita, ela vai te acompanhar. Se você olhar pra cima, ela olha também. Está entendendo?

Se quiser ser a pessoa certa, aprenda a escolher seu parceiro ou parceira. Nunca escolha um que não acredite nas mesmas coisas que você.

‪#‎SejaVocêAPessoaCerta‬

Deixe seu e-mail se você quer a minha ajuda no seu caso!

Alan Ribeiro

Casado, Definido, Decidido e Determinado. Depois de muitos anos atendendo pessoas com problemas sentimentais, criou o site sejavoceapessoacerta.com.

Website: http://www.sejavoceapessoacerta.com

2 Comentários

  1. Talita Nascimento

    Concordo em número, gênero e grau! Parabéns pelo excelente texto.

    • Alan Ribeiro

      Obrigado pelo comentário, Talita. 🙂

Comentários não são permitidos.