Pare De Dizer Que O Amor Não Existe, É Você Quem Tem Feito Escolhas Erradas

Por que você não acreditaria mais no amor?

não acredito mais no amor

Mágoas, traições, dores, abusos, violência física e verbal, desamor, humilhações, sofrimentos, desilusões, promessas desfeitas, infidelidade, tristezas, noites em claro, desconfiança, fracassos sentimentais..

Com uma bagagem dessas, é fácil entender porque você deixou de acreditar que o amor existe…

Se você viveu uma vida sofrida, comendo o pão que o diabo amassou na mão de A, B e C, é comum começar a pensar que a felicidade não é para você, que você está fadado(a) a sofrer.

Eu sei que não são só as suas experiências amorosas desastrosas que te fazem desacreditar no amor. Se você tivesse ao menos um pai, uma mãe, um tio, um irmão, um amigo, alguéeemmmmmm que fosse feliz, ainda dava para restar um fio de esperança dentro do seu coração de que algum dia a “sorte” ia bater na sua porta e te presentear com aquele cara montado num cavalo branco ou aquela mulher que cozinha feito rainha, mas não tem.

Pra muita gente, é comum também pensar em tirar a própria vida, pois afinal de contas, do que adianta continuar atropelando os anos e sendo infeliz, não é mesmo? Mas não precisa ser assim.

Eu sei que no mundo que você conhece todos os casais são infelizes, as mulheres tem 5 filhos, um de cada pai, e os homens só querem usar você para depositar seu esperma e nada mais. Mas olha só uma coisa: você já parou para pensar que tipos de escolhas tem feito para que sua vida e a de todos que você conhece seja assim, uma desgraça só?

Você é mulher? Lembra daquela orientação da sua mãe para você não se envolver com aquele cara que tinha fama de galinha e vagabundo no bairro? Lembra quando ele chamou um palavrão pra ti e você disse consigo mesma que “todo mundo erra!”, mas não ia mais acontecer? Lembra quando ele te deu um tapa na cara alegando que você o tinha desrespeitado na frente dos amigos dele? Lembra quando ele te deixou sozinha e foi “curtir” a noite por aí? Onde estava sua consciência quando tudo isto aconteceu? Por que você não deu um basta quando percebeu que ele era um otário? E ainda por cima você nem consegue esquecê-lo.

Você é homem? Lembra daquela moça que você resolveu continuar o relacionamento depois de descobrir que ela tinha transado com outro cara? Lembra que ela só queria saber de balada e ficar de segredinho com as amigas? Lembra que ela queria mandar em você, dizer o que vestir e com quem andar? Lembra que ela tinha terminado 3 relacionamentos anteriores por causa de infidelidade dela? Lembra que ela queria mostrando até o útero no meio da rua, alegando que aquele era o jeito dela se vestir? Onde estava sua consciência quando tudo isto aconteceu? Por que você não deu um basta quando percebeu que ela não prestava?

  • Vocês transam com a primeira pessoa que encontram na balada;
  • Não se cuidam e vão parindo/botando filho no mundo;
  • Deixam de ouvir conselhos de quem já passou pelo mesmo e se ferrou (normalmente seus pais);
  • Ouvem conselhos de “amigos” que não estão nem aí para você;
  • Transam sem camisinha;
  • Continuam com quem não dão valor a vocês;
  • Terminam com quem daria a vida por vocês;
  • Comem o pão que o diabo amassou de maneira consciente;

E agora, depois de tantas escolhas erradas, você vem dizer que não acredita no amor? Faça-me o favor!!

Eu era um cara que vivia em motéis por aí! Eu já namorei uma moça só porque queria transar com ela;

  • Eu já fui humilhado, pisado, maltratado;
  • Eu ia para festas procurando ficar com mulheres para tentar preencher algum vazio que havia dentro do meu peito;
  • Eu acreditava que todas as meninas que eu ficava ia ser pra sempre, iam ser o amor da minha vida, então caia de peito em relacionamentos sem futuro;
  • Eu já transei sem camisinha várias vezes;
  • Já engravidei uma moça que acabou abortando;
  • Já fui chorando pra casa dentro do ônibus por causa de mulher;
  • Já passei a noite em claro sem saber onde a pessoa que eu gostava estava;
  • Já fui traído;
  • Já trai;
  • Já me desvalorizei milhões de vezes;
  • Já vivi um inferno no amor;

E hoje estou aqui para te dizer:

Para de acreditar que o amor não existe, ele existe sim!

Quando eu parei de fazer merda com minha própria vida, de fazer escolhas ruins, como você pode ver aqui na minha história, eu comecei a mudar.

E se eu mudei, você também pode! Hoje eu sou casado, muito bem casado! Sou fiel, tenho uma mulher que me ama e cuida de mim, a Lorena! Temos paz dentro do nosso relacionamentos, temos amor, companheirismo, cumplicidade, respeito, confiança e alegria.

Tudo isso também é possível para você, desde que você pare de fazer as péssimas escolhas que tem feito!

#SejaVocêAPessoaCerta

Olha a minha cara de felicidade!

 

Deixe seu e-mail se você quer a minha ajuda no seu caso!

Alan Ribeiro

Casado, Definido, Decidido e Determinado. Depois de muitos anos atendendo pessoas com problemas sentimentais, criou o site sejavoceapessoacerta.com.

Website: http://www.sejavoceapessoacerta.com